31 Julho, 2005

em duas palavras: bru-tal!

Posted in musicalidades às 03:36 por catarinia

Vim há bocado do Festival Internacional de Jazz de Loulé. Concerto de encerramento: Chico Freeman Quartet (Chico Freeman no trompete e saxofone tenor, Mario Canonge no piano, Wayne Dockery no contrabaixo e John Betsch na bateria). Muito bom, muito bom!

A qualidade do som estava óptima, coisa rara em concertos, ainda mais ao ar livre. Os senhores, super bem dispostos! Transparecia-lhes nas caras uma expressão de verdadeiro prazer em tocar, de gosto pela música. E ela, a música… Excelente! Da que nos apaga os pensamentos e nos rouba toda a atenção, nos concentra no som, no ritmo, leves e livres de tudo o resto.

Estes senhores não mereciam uma noite tão fria! O público estava entusiasmado, mas a bater o dente. Aplaudiu de pé, só não percebi se pelo concerto, se pela pressa de ir embora… Ninguém resistiu ao apelo de um cantinho mais quente e abrigado, de maneira que lá ficaram os senhores sem o encore. Foi pena…

Eu gostei muito, mas também estava enregeladinha de todo. Por isso lá disparámos até ao carro, e a andar bem depressa para aquecer. Qual Artistas qual quê, vamos mas é para casa que está quentinha!

Anúncios

28 Julho, 2005

hoje choveu!!!

Posted in ao molho às 01:09 por catarinia

Uma chuvinha miudinha o dia quase todo. O céu esteve cinzento, fez uma brisa fresquinha… Quase que parecia um dia de Inverno, não fosse continuar calor. E o cheiro a terra molhada… Que maravilha!

Aos meses que já não chovia, até eu tinha saudades… Pena ter estado enfiada em casa em sofrimento, num daqueles dias em que era capaz de pagar para trocar um cromossoma! Enfim…

15 Julho, 2005

fim de semana reservado para odiar motards. e já começou!

Posted in dramas domésticos às 03:12 por catarinia

Amigos das duas rodas, queiram desculpar-me esta fraqueza. Reconheço que o vosso evento é grande e notável, bem como tem sido a acção do Moto Clube de Faro que, como descobri recentemente, até apoia instituições e organizações humanitárias e tudo, o que é bonito e de louvar. Eu, também uma amante da Liberdade e da Solidariedade, obviamente que nada tenho contra vocês. Nos outros 361 dias do ano!

Porque convenhamos que ter para mais de 20 000 motas a passar-me permanentemente à porta para um lado e para o outro, passar 24 horas por dia (vezes 4!) a ouvir um VRRRUUUUUMMMMMMM em vários tons, e aturar uns engraçadinhos a fazer raters por baixo da minha janela a qualquer hora do dia ou da noite, é de levar a alminha mais pacata ao desespero!

Este ano resolvi abandonar a minha casinha e aproveitar para visitar a família e dormir descansada, mas só vou amanhã! Mesmo assim, ainda me apanham cá dois dias…

Oiçam lá, então e inventar um silenciador para o raio do tubo de escape? Não era uma boa ideia? Hum? Não?

14 Julho, 2005

olha, um desafio!

Posted in ao molho às 14:08 por catarinia

Ora então cá vai em resposta à jacky : as cinco músicas do momento. Mas… mas… só cinco? Podiam ser tantas mais!

Estrela do Mar – Jorge Palma (esta não é uma música do momento, é uma música de sempre! Esta, e quase todas as outras deste Sr.)
Fisherman Blues – The Waterboys (mas sem dúvida muito melhor na versão do amiguinho Tércio, aka Nanook)
Sitting, Waiting, Wishing – Jack Johnson
Honeysuckle Rose – Jane Monheit
16 Toneladas – Funk Como Le Gusta

Têm de ser só estas? Mas… mas… então e as outras todas? Podiam ser tantas mais…

Agora tenho que passar o desafio a cinco pessoas (cá está outra vez o número cinco!). Pronto, então passo às primeiras cinco pessoas que pararem aqui no Universo. Não sabes se és tu? Não faz mal, responde na mesma. Ana e João, vocês não se escapam! Provavelmente preenchem os requisitos! 😉

12 Julho, 2005

tenho um cabelo novo!

Posted in ao molho às 23:19 por catarinia


Desenho de Anna Gawrys, aqui

Não ficou tão giro, mas também não está mal…

4 Julho, 2005

o trabalho edifica o carácter…

Posted in ao molho às 16:20 por catarinia

– Esta estrada está muito movimentada… Quantos carros já contaste?
– Para aí uns 20… Mas tenho um autocarro!
– E eu tenho um tractor! Ahahaha! Olha que giro, eles deixaram-nos aqui umas palavras cruzadas para nós fazermos.
– Mas só tem as palavras horizontais…
– Pois é, isto pode ser o que nós quizermos, desde que caiba.
– Olha, vem aí um carro para ti.
– Já há bocado nos fizeram uma banda desenhada, temos que inventar qualquer coisa gira para eles.
– Pois é… O que há-de ser? Olha, podemos fazer um "descubra as diferenças"
– Boa! Desenhamos aqui a estrada, nós sentadinhas aqui à sombra… – Temos de pôr um carro a passar.
– Pois é, podemos pôr eles a chegar com os gelados.
– Aquela casita ali em cima, depois tiramos-lhe a chaminé… Olha, vem aí mais um carro.
– E os postes da electricidade. Depois tiramos um fio. E podemos também tirar aqui esta roda do carro. E o espelho, tira o espelho!
– Já cá estão? O quê, já passou uma hora? Olha, nem demos conta…