30 Junho, 2006

quero parar de te escrever

Posted in bairro do amor às 03:00 por catarinia

Não fixei o dia. Não o marquei no calendário. Mas sei que foi por esta altura.

O momento, esse, ficou-me gravado na memória. Agarrou-se a mim, entranhou-se-me na pele e invadiu-me por completo.

Nestes últimos dias, tem-me ocorrido várias vezes. Por tudo, por nada. Hoje foram palavras lidas, palavras de um poeta.

«Quero parar de te escrever.
Continuo a escrever-te.
Odeio-me.»

Porquê? Por que volta ele, esse momento, agora que o julgava controlado? Porquê agora? Fui vasculhar as referências temporais. E tenho tantas…

Podia ter sido num dia como tantos outros, mas não foi o caso. Foi um dia suficientemente intenso para me lembrar de cada minuto. E de noite, já tarde, tocou o telefone. Tocaste o telefone.

E foi como um murro no estômago, um sentimento de sobressalto, como se tivesse sido apanhada em falta flagrante, como se estivesse a cometer uma traição terrível, imperdoável! E foi ainda com o toque de outra pele, com o sabor de outra boca – mas ao calor da tua voz – que soube que te amava.

Não fixei a data, nem a marquei no calendário. Mas o coração tem agenda própria, e vigia-a bem. E passaram, este mês, três anos.

Quero parar de te escrever.

5 comentários »

  1. Apesar de as recordações que transcreves não serem pacíficas – mais dolorosa, aliás -, a prosa em que as expressas está lindíssima.
    As recordações que nos ficam agarradas à pele voltam sempre, mesmo quando não queremos. E têm sempre um gosto relativamente amargo, se não forem muito boas.

  2. catarinia said,

    Obrigada pelo elogio🙂

  3. Cientista said,

    Sublime… até às lágrimas!

  4. catarinia said,

    Epá, poça…. Assim até fico sem jeito!
    A nostalgia às vezes dá para estas coisas, mas não acho que esteja assim tão bom…
    (a corar até à raiz dos cabelos!)

  5. Maria-João said,

    Vim aqui para procurando uma imagem da Dodot no google.
    Não pude deixar de ler.
    Está lindo de facto.
    Nãp terá sido uma boa vivência mas as palavras que a retratam estão simplesmente belissimas.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: