17 Abril, 2009

só coisas que m’atormentam

Posted in desabafos, McCatherine, musicalidades às 21:39 por catarinia

O meu modem, para além de ser esta coisa pouco mais que imprestável que só funciona colado à janela – e quando muito bem lhe apetece! – também pensa que está em Manchester.

Então e isso atormenta-te porquê, catarinia?

Atormenta-me! Pois claro que m’atormenta! Porque cada vez que entro na Last.fm lá estão um monte de concertos todos apetitosos a que eu queria imenso ir. Todos em Manchester! Ainda ontem era o Andrew Bird e o Antony and the Johnsons… E hoje o Morrisey. Todos como que a dizerem “Olha nós a caminho de Manchester, onde o teu modem pensa que mora. Mas nem nos aproximamos de Aberdeen. Vives no fim do mundo, tótó!”

Oh, não pode ser assim tão mau… Então e em Aberdeen não se passa nada?

Pffff! Não vamos falar sobre isso.

Anúncios

28 Outubro, 2008

estou obcecada com o tempo

Posted in desabafos, McCatherine às 00:23 por catarinia

O tempo é um assunto recorrente: toda a gente fala do tempo, a toda a hora, com toda a gente. E normalmente, toda a gente se queixa do tempo. Mas hoje não… Hoje ficou tudo doido!

Quatro pessoas diferentes – quatro! até um velhote na paragem do autocarro – com um ar todo contente:

– Então amanhã parece que vai nevar!

– O quê? Nevar? Já?! Mas por que raio é que estão todos tão contentes?

É como se o facto de estar toda encasacada, enluvada, encachecolada e encarapuçada, só com os olhinhos de fora e a saltitar para não enregelar, fosse o mesmo que ter um letreiro na testa:

– (Olha, esta não é de cá. Está com medo do Inverno…) Então amanhã parece que vai nevar!

Claro que tenho medo do Inverno! Pois tenho… É por isso que ainda não tirei os olhos daqui, na esperança de ver mudar o panorama. Mas não. Tem estado assim o dia todo.

Com cruzes!

23 Outubro, 2008

a balança, essa velhaca

Posted in desabafos, McCatherine às 23:40 por catarinia

Finalmente arranjei coragem (e financiamento) para adquirir um casaco de Inverno a sério, à prova de frio, vento e chuva – como se quer neste tempo horrííííível! A escolha foi difícil: o que me faz parecer uma foca, o pai Natal, ou o boneco da Michelin?

Acabei por optar pela foca. Se não me arrastar pela rua nem andar para aí a fazer barulhos estranhos, ao menos posso passar despercebida.

Vou mesmo, mesmo, voltar à dieta.

4 Março, 2008

Posted in desabafos tagged , às 16:43 por catarinia

sunflower-with-face.gif

 

A-CA-BEI!!!

 

E estou mais leve uma tonelada. Vá, duas.
Agora vou ali desfalecer de alívio e já venho.

16 Janeiro, 2008

e pronto!

Posted in ciência, desabafos tagged , às 11:43 por catarinia

Depois de entregue o último papel para pedir o último papel para iniciar os trâmites normais para, aí sim, me marcarem finalmente a apresentação…

…tenho a minha cópia na mão.

E só ao olhar para o livrinho, ao poder pegar-lhe e cheirá-lo e folheá-lo e ler tudo outra vez em papel, é que me apercebi de facto:

TÁÁÁ FEEEIIITOOOOO!!! 😀

7 Novembro, 2007

olha!

Posted in desabafos tagged , às 01:08 por catarinia

Epá… Estou verdadeiramente extasiada com tamanha eficiência. Nem 10 minutos depois do mail ali de baixo, e já cá tenho os artigos!

Dois PDFs todos bonitinhos, os artigos que me fizeram revirar a Net e meio mundo para os encontrar… Por fim, aqui no meu computador! (e em dois discos de backup, não vá o diabo tecê-las…)

YÉÉÉÉÉÉÉ!!!!!!

directamente dos antípodas!

Posted in desabafos tagged , às 00:55 por catarinia

Dear Catarina

Sebastian has semi-retired so is hard to get a hold of. Our library has the reprints mentioned below and will send them to you.

Regards,
Nic

As coisas que me fazem gritar de alegria, bater palminhas e saltitar em êxtase pelos dias que correm…Não há vida para além dos camarões. Até ao fim do ano.

(suspiro)

(suspiiiiiiro)

OK, eu mereço. Eu sei que mereço. Mas que ninguém se sinta tentado a dizê-lo, ou as consequências serão malignas!!! É um facto que mereço, mas só eu é que o posso dizer! Estamos entendidos?

Ora, ainda bem.

24 Setembro, 2007

Posted in desabafos às 20:52 por catarinia

Lido mal com a morte. Especialmente quando ela se aproxima. Ainda mais quando é profundamente estúpida.

Para se morrer, devia ser obrigatório ser-se muito velhinho e ter-se tido uma vida bem preenchida e feliz, completamente realizada. Nunca assim.

Não vou elogiar-te o trabalho, enaltecer-te os feitos e as conquistas, louvar-te o legado ou falar na confiança e nos projectos que apesar de tudo partilhámos… Porque nada disso tem qualquer importância agora.

Prefiro lembrar um sorriso que, de tão rasgado, te obrigava a fechar os olhos.

28 Maio, 2007

pensamento do dia

Posted in desabafos às 16:19 por catarinia

“Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo.”

Nemo Nox

Porque apesar de tudo, eu continuo a acreditar…

7 Março, 2007

nããããooooo…..

Posted in causas, desabafos às 15:53 por catarinia

A sério??? Epá, quem diria?! Quase que nem se nota…

Conselho critica aplicação do Processo de Bolonha
A aplicação do Processo de Bolonha foi realizada em Portugal «de modo apressado e superficial», com riscos muito elevados para a qualidade do ensino superior, conclui uma análise ao sistema educativo pedida pelo Governo e pelo Parlamento

Ontem, no Sol

O que eu gostava de deitar as mãos a este relatório. Só por curiosidade…

14 Fevereiro, 2007

desancar no Valentim

Posted in blogosfera, desabafos às 23:22 por catarinia

Epá, gostava de ter escrito isto. Com vernáculo e tudo.
Ora então uma piquena amostra:

«Gosto deste dia porquê? Porque, na realidade, ele não significa um caralho, tal como todos os outros dias de alguma coisa, ao contrário do que se quer pensar. Porque um dia de uma merda qualquer significa automaticamente a exclusão dessa merda nos outros dias todos e no meu calendário mando eu.»

Sissi, em Cenas de Gaja

11 Fevereiro, 2007

estupidez por antecipação

Posted in bairro do amor, desabafos às 23:05 por catarinia

Uma pessoa passeia no topo de uma falésia. Aprecia o dia lindo e soalheiro, a paisagem tranquila. Tem os olhos no horizonte.

De repente, apercebe-se de que há o perigo de tropeçar e cair, estatelar-se nas rochas lá em baixo.

E para evitar a possibilidade do acidente, resolve saltar.

29 Janeiro, 2007

a dúvida justificava-se

Posted in desabafos às 13:01 por catarinia

Bem me parecia que isto era fácil demais.

As complicações que para aqui vão, meu deus! Todos os dias se tentam mudar as regras a meio do jogo. Objectivo final: a extorsão. Do dinheiro dos alunos, pois claro. Vergonhoso.

A confusão é Raínha na Universidade do Algarve.

4 Outubro, 2006

procura-se

Posted in desabafos às 01:54 por catarinia

Descanso.
Paz de espírito.
Nada de mais, que não sou muito exigente.
Só um bocadichinho…

Pode ser?

8 Setembro, 2006

pronto, está feito

Posted in desabafos às 23:55 por catarinia

O difícil foi mesmo decidir-me. Muita conta, muita tabela de comparação, uma média que desce um bocadito, a outra que sobe um bocadito, será que vale a pena? E depois só posso apresentar a tese em Junho, é mais um ano a anhar. Será que vale a pena? Já para não falar que vou ter de trabalhar ainda mais aquela cruz… adaptar, transformar, ampliar! Que horror… Será que vale mesmo a pena?

Pronto, OK. Vale a pena e não se fala mais nisso.

E depois, foi estarrecer-me com tanta eficiência. Foi o processo burocrático mais fácil e rápido por que já passei. Mínimo de papelada envolvida, nada de confusão, meia hora e ficou resolvido. Mesmo sendo no último dia… Fiquei na dúvida se estaria na mesma universidade de sempre.

E pronto, tenho o meu passaporte para o Processo de Bolonha. Agora só espero não me arrepender…

Página seguinte